Goiânia, quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Desapego - Tema do Programa Sobre Todas as Coisas


O armário está abarrotado de roupas, sapatos, bolsas e muitas peças ficam anos e anos acumulando poeira. Tem aquelas que foram compradas num momento de pura ostentação e nunca foram usadas. O dinheiro gasto com elas poderia ter sido usado em coisas mais úteis para o dia a dia. Quem se identifica com essa descrição que tal dá uma arrumada na casa e tirar os excessos? O que está sobrando pode virar um presente útil para outra pessoa. É o desapego, uma forma generosa de se libertar e se renovar. Quem pratica o desapego garante que a atitude traz alegria e a gostosa sensação de organização não apenas da casa, mas também da renovação da mente. Mas não é tão fácil se livrar de objetos, que mesmo guardados fazem parte da vida e estão envolto em sentimentos e lembranças. Então que tal aproveitar que o natal está próximo, época em que a solidariedade está em evidência e fazer o despego? Quais as principais dicas para praticar o desapego? Porque as pessoas tem tendências de acumular objetos que nem usam? No Programa Sobre Todas as Coisas, Vamos falar também de minimalismo, uma estilo de vida que faz uma reavalização das prioridades da vida das pessoas. Como viver melhor com bem menos. É um estilo de vida que também pratica o desapego.
O Programa Sobre Todas as Coisas recebe no estúdio, a jornalista Helen Fernanda, a personal organizer, Franciele Mendes de Sousa e a psicóloga, Kaninne Barbosa Stringheta. É na próxima segunda, dia 04.12, a partir das 19h pela Televisão Brasil Central com apresentação das jornalistas Susete Amâncio e Carla Lacerda.


Goiânia, terça-feira, 28 de novembro de 2017

Política Internacional e movimentos de migração são temas do Roda de Entrevista desta terça, com o professor Giovanni Okado

O Roda de Entrevista desta terça, 28 de novembro, conversa com o professor de Relações Internacionais Giovanni Okado. Entre os assuntos estão a política internacional adotada pelo Presidente norte-americano Trump, a ameaça nuclear norte-coreana, ataques terroristas pelo mundo e movimentos de imigração, com destaque especial para a chegada dos venezuelanos e haitianos no Brasil. Ao vivo, às 22h30, na TBC.

Apresentação: Enzo De Lisita
Produção: Ana Lucia Pereira e Norma Leitte

Goiânia, segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Cozinha do Cerrado, rica e promissora

Existe uma culinária genuinamente do cerrado, com tudo que o bioma pode oferecer de cores e sabores? Sim, existe. Quem afirma é a professora Cristiane Souza, coordenadora do Curso de Gastronomia, da PUC Goiás. E segundo Cristiane, essa cozinha especializada ainda tem muito espaço para crescer, proporcionando a descoberta para novas receitas que podem correr o mundo. 
Mas para isso desenvolver e gerar frutos, tem que ter mais projetos de pesquisas da flora do cerrado e investimentos para que o setor da gastronomia cresça. Essa foi a constatação de peso que o programa Conexão Ambiental percebeu nessa empreitada para saber um pouco sobre essa culinária, que é conhecida quase que especificamente pelo pequi. 
No Laboratório de Gastronomia da PUC Goiás conhecemos o estudante Eliézio Nascimento, que recentemente ganhou em primeiro lugar, na categoria estudante do Enchefs, Encontro de Chefs de Goiás. Sobre ser um chefe de cozinha, o Eliézio já descartou, mas isso você vai saber dos detalhes durante o programa. De lá nós saboreamos um filé de peixe coberto com castanha da barú e molho de maracujá. Água na boca só de pensar!
Lá fomos também conhecer outra escola goianiense que form
a mestres para os sabores do cerrado: O Instituto Federal de Goiás, campus Goiânia, onde conversamos com a professora Rebeca Rubim. Aproveitamos e degustamos uma Panqueca de Jatobá, deliciosamente acompanhada de um Chutney de Cagaita.

O programa Conexão Ambiental vai ao ar na terça-feira, às 19h, com reprises na quarta, ás 11:20 e domingo, às 16:30. Canais; 13.1 Tv aberta - 520 NET - 313 SKY. Ao vivo pelo: http://blog.tvbrasilcentral.com.br/p/sintonize.html

Goiânia, sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Novembro Azul é o tema do Programa Sobre Todas as Coisas da próxima segunda-feira, 27 de novembro



O mês está terminando e com ele a campanha Novembro Azul, o mês dedicado ao combate ao câncer de próstata. A campanha serve de alerta. É para chamar atenção para uma doença que vitimou no Brasil entre 2016/2017, cerca de 61 mil homens, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer. Ainda segundo o INCA, a partir dos 50 anos, os homens precisam fazer exames anuais capazes de identificar precocemente o câncer de próstata, segunda principal causa de morte do sexo masculino, depois do de pulmão.

O câncer de próstata, quando detectado no início, tem 90% de chances de cura. Para lembrar da importância da prevenção dessa doença não só este mês, mas durante todo o ano, o Programa Sobre Todas as Coisas vai falar sobre o tema com especialistas e contribuir assim, ajudando o telespectador a tirar suas dúvidas.

Quais os exames necessários para prevenir a doença? Homens ainda se recusam a fazer certos tipos de exames, como o de toque? A campanha Novembro Azul tem ajudado a acabar com esse tipo de preconceito e desinformação? Depois de uma campanha como essa aumenta o número de homens que procuram os médicos especialistas?

É ao vivo, na segunda-feira dia 27 de novembro a partir das 19h pela Televisão Brasil Central.E você de casa pode participar mandando sua pergunta pelas redes sociais: WHATSPP 62 99631-1006, TWITTER, @tvbrasilcentral, E-MAIL sobretodasascoisastv@hotmail.com e http://blog.tvbrasilcentral.com.br e aqui na nossa página do FACEBOOK.



Goiânia, terça-feira, 21 de novembro de 2017

Presidente do TJ é o convidado do Roda de Entrevista desta terça.

O convidado de hoje no Roda de Entrevista é o Desembargador Gilberto Marques Filho, presidente do Tribunal de Justiça de Goiás. Ele vai falar de assuntos relacionados ao Judiciário, e também da Semana Nacional da Conciliação, mais especificamente da Semana em Goiás. Às 22h30, na TBC.

Produção: Ana Lucia Pereira e Norma Leitte
Apresentação: Enzo De Lisita

Mudanças climáticas: a agropecuária enfrenta seu maior desafio

Que o clima mudou e vai se acentuar cada vez mais isto é fato esse debate muito em too o planeta. Se esquenta ou esfria, ainda não é consenso, mas outro fato é que o modelo de produção de alimentos enfrenta seu desafio maior: a adaptação. A população mundial deve atingir 9 bilhões de bocas até 2050, mas seremos 8,6 bilhões em 2030. E vamos necessitar cada dia mais de água limpa e terra fértil, mas o modelo de produção não está alinhado com as projeções de crescimento. É preciso sustentabilidade como nunca tivemos!

A equipe do programa Conexão Ambiental foi até a Escola de Agronomia da UFG, onde especialistas se reuniram para mais um debate em torno deste tema. Encontros como este acontecem rotineiramente em Goiás, pelo Brasil e no mundo. Instituições públicas, privadas e empresas buscam respostas a muitas perguntas que preocupam produtores e, ainda mais, os pesquisadores. Estes enxergam as mudanças do clima sob o prisma global e em longo prazo.

Conversamos com três pesquisadores e exploramos aspectos diferentes do assunto: Dr. Altair Sales (Unisinos), Dr. Paulo de Marco (UFG) e Dr. Ciniro Júnior (Imaflora). Cada pesquisador abordou de forma técnica o momento da produção de alimentos no mundo, o modelo de produção da pecuária e da agricultura, seus pontos negativos, a crise hídrica, os gases de efeitos estufa, os primeiros sintomas da mudança do clima, e os caminhos apontados pelas pesquisas para mitigar os problemas e, talvez, resolvê-los. 



O programa Conexão Ambiental vai ao ar na terça-feira, às 19h, com reprises na quarta, ás 11:20 e domingo, às 16:30. Canais; 13.1 Tv aberta - 520 NET - 313 SKY.
Ao vivo pelo: http://blog.tvbrasilcentral.com.br/p/sintonize.html 

Goiânia, sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Na Pele é o tema do Sobre Todas as Coisas de segunda-feira, 20 de novembro

google.com


"O dia em que pararmos de nos preocupar com Consciência Negra, Amarela ou Branca e nos preocuparmos com Consciência Humana, o racismo desaparece."  O pensamento de  Morgan Freeman, premiado ator e  diretor de cinema dos Estados Unidos, serve de reflexão para a questão da igualdade entre os povos. 

Mas  em pleno século 21,  todos os dias surgem casos de intolerância e racismo no Brasil e no mundo. Recentemente o jornalista William Waack foi afastado da Globo após  acusação de racismo. Na Líbia, migrantes africanos estão sendo vendidos como escravos , segundo relatos de sobreviventes a uma agência da ONU. 

A internet é um campo fértil para injúrias e ataques racistas. No Brasil, mais de 35 mil denúncias relacionadas a crimes raciais na internet foram encaminhadas para o Núcleo de Combate a Crimes Cibernéticos.  

O Programa Sobre Todas as Coisas, da próxima segunda feira, 20, Dia da Consciência Negra, entra na discussão e reúne no estúdio, autoridades que trabalham na causa da igualdade na diversidade e contra todas as formas de preconceito. É ao vivo, na próxima. É ao vivo, a partir das 19h, na TV Brasil Central, canal 13. 

Você de casa pode participar mandando sua pergunta pelas redes sociais:  WHATSPP 62 99631-1006, TWITTER, @tvbrasilcentral, E-MAIL sobretodasascoisastv@hotmail.com e http://blog.tvbrasilcentral.com.br e aqui na nossa página do FACEBOOK.


Goiânia, terça-feira, 14 de novembro de 2017

Empreender com impacto: positivo, social e ambiental

Empreender é uma prática que entrou no vocabulário das últimas gerações e parece criar bons frutos na sociedade e nos negócios. Naturalmente somos um país de criadores. Provavelmente nos falte estímulos que alavanque mais a curiosidade, característica dessa nova forma de ver e criar negócios. Adicione aí o componente ambiental.

Mas neste ambiente de novas ideias existe uma variante que são negócios e empreendimentos que, na linha do comprometimento sócio-ambiental, produzem serviços ou produtos que alto impacto na sociedade. O Conexão ambiental foi a campo saber um pouco mais sobre esse tipo de empreendimento que, aliado ao lucro, pensa no processo de produção de forma menos impactante para o planeta. 

Uma empresa que reaproveita resíduos de construção, impedindo que milhares de toneladas de rejeitos vão parar no aterro sanitário. Um robô que realiza diagnóstico de tubulações de água e esgoto com segurança e rapidez, são exemplos desse impacto positivo e de escala maior que deve crescer à partir de demandas por serviços e produtos com mais qualidade, respeitando o meio ambiente.

Há um desejo, ainda pequeno, na sociedade por produtos e serviços mais comprometidos com o meio ambiente. As políticas públicas devem estimular mais e melhor essas práticas, principalmente nas escolas, espaço natural da criação. O mundo precisa, com urgência, buscar caminhos sustentáveis verdadeiros. 

O programa Conexão Ambiental vai ao ar na terça-feira, às 19h, com reprises na quarta, ás 11:20 e domingo, às 16:30. Canais; 13.1 Tv aberta - 520 NET - 313 SKY. Ao vivo pelo: http://blog.tvbrasilcentral.com.br/p/sintonize.html 

Goiânia, quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Assédio no Trabalho é o tema do Programa Sobre Todas as Coisas de segunda-feira, 13 de novembro

google.com



“Trabalhadora que sofria assédio sexual vai receber 20 mil reais de indenização por danos morais”. “Tribunal mantém  dispensa por justa causa de trabalhador que participou de assédio sexual a colegas vigilantes”. Nas últimas semanas, notícias sobre esse tema ganharam ainda mais   destaque  na mídia internacional, depois da onda de denúncias feitas por atrizes famosas contra diretores e produtores de cinema de Holywood. A mais grave é contra o produtor americano Harley Weinstein, de 65 anos, premiado várias vezes com o Oscar. Segundo os jornais, Harley teria  assediado nos últimos trinta anos, mais de 20 mulheres, todas em troca de papeis nos filmes que ele produziu. Entre as vítimas está a atriz Angelina Jolie que relatou o caso ao jornal  The New York Times. As denúncias de assédio sexual atingiram também o poder do Reino Unido. Parlamentares de vários partidos ingleses são acusados de praticarem o mesmo crime. As denúncias  já provocaram a renúncia do ministro da Defesa britânico e podem estar por trás do suicídio de um ministro do País de Gales.

De acordo com uma pesquisa da Organização Internacional do Trabalho, 52% das mulheres economicamente ativas já sofreram esse tipo de abuso, psicológico ou físico, no ambiente  profissional.
Para o Ministério do Trabalho e do Emprego, assédio Sexual é o constrangimento de colegas de trabalho através de cantadas e insinuações de teor sexual. Atitudes que podem  ser claras ou sutis, como piadinhas, fotos  pornográficas, brincadeiras e comentários constrangedores.  Esse tipo de violência não atinge somente mulheres, mas também homens.

Denunciar qualquer assédio sexual ou moral  no trabalho não é uma decisão fácil para as vítimas. Por causa  do constrangimento elas preferem o silêncio. Têm medo  também de perseguições e mais violência. Mas  essa situação está mudando? No Brasil, há mais denúncias sendo feitas?
Qual a primeira atitude que uma pessoa deve tomar ao ser assediada no trabalho?

Essas e outras questões serão respondidas no Programa Sobre Todas as Coisas da próxima segunda-feira, dia 13 de novembro, ao vivo das 19 às 20h na TV Brasil Central.

E você de casa pode participar mandando sua pergunta pelas redes sociais: WHATSPP 62 99631-1006, TWITTER, @tvbrasilcentral, E-MAIL sobretodasascoisastv@hotmail.com e http://blog.tvbrasilcentral.com.br e aqui na nossa página do FACEBOOK.



Goiânia, quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Intolerância gera violência? Tema do próximo Sobre Todas as Coisas


Dois casos recentes de violência envolvendo adolescentes em Goiânia abalaram não apenas a comunidade escolar mas também toda sociedade e deixaram muitas perguntas no ar. Em agosto um adolescente de 13 anos confessou ter matado a facadas a vizinha e colega de escola  de 14 anos e em menos de três meses, um garoto de 14 anos abriu fogo contra os colegas de classe de uma escola particular também em Goiânia. Na tragédia dois adolescentes morreram e quatro ficaram feridos.  O pai de João Pedro Calembo, morto no atentado disse que os preceitos familiares estão perdidos na nossa sociedade e que os problemas não resolvidos em casa geram conflitos. Está faltando diálogo entre as famílias? Os pais estão ausentes do dia a dia dos filhos na escola? Brincadeiras com apelidos em escolas sempre existiram. Porque tanta intolerância nos dias atuais? Como identificar desvios de comportamentos entre os adolescentes?
Essas e outras questões serão respondidas no Programa Sobre Todas as Coisas da próxima segunda-feira, dia 06 de novembro, ao vivo das 19 às 20h na TV Brasil Central.
No estúdio com as jornalistas Susete Amâncio e Carla Lacerda do Nascimento, o  juiz de direito Jesseir Coelho, o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino de Goiânia, Flávio Roberto Castro e a psicopedagoga, Fabíola Sperandio.

É ao vivo na segunda feira, 06, das 19 às 20 h pela TV Brasil Central.

Precisamos falar sério sobre logística reversa

Na prática é retornar à cadeia produtiva tudo que foi fabricado e é possível de ser reciclado. Com isso, deixaria de ser transferido ao meio ambiente todos os dias, milhares de toneladas de resíduos que, na verdade, é dinheiro jogado fora. E nós brasileiros somos campeões nisso! Estimativas desatualizadas falam em 8 bilhões de reais por ano com a reciclagem.

É responsabilidade e compromisso das pessoas, no dia-a-dia, cuidarem dos resíduos de suas casas e apartamentos. Sem essa consciência é impossível avançar em melhorias e dar à sua casa, sua cidade e ao planeta, um ambiente realmente sustentável. E o lixo deve ser uma preocupação de cada um de nós. Inteligente seria tratar desse problema nas escolas.

O programa Conexão Ambiental está profundamente conectado a esta temática, com o compromisso de levar ao telespectador uma informação com tom reflexivo e de alerta. Se não cuidarmos deste assunto de forma séria e objetiva, não conseguiremos formar novas gerações mais compromissadas com a vida. 

Tomamos dois exemplos simples do que é feito aqui mesmo em Goiânia. Uma empresa que, no ramo da reciclagem do papelão, consegue fechar a cadeia da logística que lhe é peculiar. E como você verá, falamos apenas do papelão, entre inúmeros outros produtos que podem ter cadeias de reciclagem implantadas, gerando renda, riquezas, empregos e livrando as cidades de montanhas de resíduos que, nos aterros, não possuem qualquer utilidade a não ser formar montanhas de problemas.

O progrma Conexão Ambiental vai ao ar na terça-feira, às 19h, com reprises na quarta, ás 11:20 e domingo, às 16:30. Canais; 13.1 Tv aberta - 520 NET - 313 SKY. Ao vivo pelo: http://blog.tvbrasilcentral.com.br/p/sintonize.html