Goiânia, quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Trabalho para todos

http://www.oradarsindical.com.br

No mundo atual e globalizado em que vivemos, o mercado de trabalho se mostra cada vez mais exigente. A busca por uma colocação profissional não é mais uma questão de empenho ou de sorte, e sim de qualificação. A capacitação deve ser vista como fator determinante para o futuro daqueles que estão buscando um lugar ao sol, e também, aos que pretendem manter a posição ocupada. Com o passar do tempo o mundo evolui e, muito além da experiência, adquirir e renovar conhecimento torna-se inevitável e fundamental. Goiás vive um momento ímpar: sobram vagas no mercado para os trabalhadores especializados e falta emprego para quem tem pouco estudo. De acordo com algumas autoridades é a falta de mão de obra qualificada que trava o ritmo do desenvolvimento econômico. Como o Governo tem contribuído para capacitar e qualificar os trabalhadores goianos? Com quais órgãos o cidadão pode contar para conseguir sua qualificação em um mercado de trabalho exigente? Trabalho para todos é o tema do Sobre Todas as Coisas, na próxima segunda-feira, 04/03, às 20h, na TV Brasil Central.

Goiânia, terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Fraternidade e Juventude em pauta no Roda de Entrevista com Wolmir Amado.

O reitor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás é o entrevistado do Roda de Entrevista nesta terça, 26 de fevereiro de 2013. Wolmir Amado vai falar da qualidade da educação superior no Brasil, da Campanha da Fraternidade  - que tem como tema este ano "Fraternidade e Juventude", da mudança de Papa e das ações da PUC para a sociedade. Ao vivo, às 22 horas, na TBC - Canal 13.

Âncora: Reynaldo Rocha
Convidados: Riva Kran, Maria José Rodrigues, Valéria Carvalho e Douglas Branquinho
Produção: Ana Lucia Pereira e Norma Leitte

Goiânia, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Cadê o doutor?

http://editoraassare.com.br

A saúde sempre faz parte da campanha eleitoral de qualquer candidato, seja a prefeito, governo e até presidente da república. Passado o pleito os eleitos percebem que algumas dificuldades da área não se resolvem apenas com o desejo de realizar um bom governo. Há questões que são quase impossíveis de serem sanadas. Atualmente, a falta de médicos é uma delas. A má distribuição destes profissionais representa uma dificuldade que se relaciona com as precárias condições de trabalho. Dificuldade em convencer a família a mudar de cidade, falta de oportunidade de qualificação, carência de infraestrutura hospitalar na região, entre outros fatores. Mas, por quê?  O que fazer para atrair médicos para o interior? Contudo, quem mais sofre é a população das pequenas cidades. Pessoas que necessitam de atendimento, de diagnóstico e de tratamento. A saúde não espera, o socorro é emergencial, a situação é grave. Uma consulta, um exame, uma prescrição médica. Nada disso. E a pergunta que não cala: Cadê o doutor? Este é o tema do programa Sobre Todas as Coisas, na próxima segunda-feira, 25/02, às 20h, na TV Brasil Central.

Goiânia, quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Tempo

http://todaperfeita.com.br

Milhares de pessoas buscam diariamente alternativas para conciliar todas as responsabilidades, dentro de um determinado horário. Os dias se tornaram curtos para quem trabalha, estuda e cuida de uma casa. E, para ser responsável por todas essas atividades ao mesmo tempo, a vida fica ainda mais corrida e atarefada. Muitas vezes, as 24 horas do dia não são suficientes para realizar tudo e ainda cuidar de si próprio. Alguns usam estas horas de forma proveitosa e útil, enquanto outros têm dificuldades em coordenar este recurso tão limitado e precioso. É preciso dormir, descansar e se proporcionar momentos de lazer. A velocidade das informações leva o indivíduo a buscar múltiplas tarefas, e consequentemente, múltiplas saídas. Será que o homem é uma vítima do tempo? Como administrá-lo produtivamente? A importância da pontualidade e como usar o "tempo livre"? Estas e outras questões serão debatidas no próximo programa Sobre Todas as Coisas, que vai ao ar nesta segunda-feira, 18/02, às 20h, na TV Brasil Central.

Goiânia, terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

O cineasta Vladimir Carvalho está hoje no Roda de Entrevista

Hoje à noite, o cineasta Vladimir Carvalho, um dos nomes mais importantes do cinema nacional, será o entrevistado do programa Roda de Entrevista. Às 22 horas, na TBC. Canal 13 da TV aberta e 19 da Net.

O programa tem produção de Ana Lucia Pereira e Norma Leitte.

Goiânia, terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Ex-diretor geral do HDT é entrevistado nesta terça, no Roda de Entrevista

O Roda de Entrevista dessa terça-feira, dia 05 de fevereiro, recebe o doutor Boaventura Braz, médico infectologista e ex-diretor geral do HDT, cargo que ocupou por 14 anos. Durante o programa, ele vai falar de sua experiência como infectologista e dos programas desenvolvidos em Goiás para combater doenças infecciosas como o HIV, a gripe H1N1 e principalmente a dengue.

  • Ao vivo, às 22 horas, aqui na TBC - Canal 13.
  • Apresentação: Reynaldo Rocha.
  • Produção: Ana Lucia Pereira e Norma Leitte.

Goiânia, segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Reprise: Violência: banalização da vida


Informamos à todos que, em razão de redefinição de pauta, o Programa Sobre Todas as Coisas com o tema Impunidade, previsto para ir ao ar nesta segunda, foi adiado e nova data será definida.


  Foto: blog.jangadeiroonline.com.br 

Violência: banalização da vida será o programa reprisado pelo Sobre Todas as Coisas nesta segunda-feira, 04/01. 
Relembrando o massacre na escola do Rio de Janeiro, em 2011, o programa discute questões como violência, bullying, fanatismo e segurança.
Desde os tempos mais remotos,  o homem  convive com a violência, que atinge uma diversidade de comportamentos, atos individuais, interpessoais ou mesmo coletivos. A intensidade das ações agressivas vem crescendo dia-a-dia e  já alcança índices alarmantes, segundo as manchetes dos jornais.
O acontecimento no Rio de janeiro, suscita uma série de questionamentos: Para quê tanta violência? Está havendo uma banalização da vida? O que leva uma pessoa a cometer tal ato? Onde estaremos seguros? No estúdio, a presença de psiquiatra, filósofo/teólogo e batalhão escolar para tentar entender o porquê de tanta violência e insegurança.