Goiânia, segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Mudança na programação

Informamos que por motivos técnicos o tema “Violência: causas e soluções” não será exibido nesta segunda-feira, 28. Nova data será definida e informada posteriormente.
Em vista disso, haverá a reprise do tema “Faz bem ser bom?”, episódio que trata do prazer de ser voluntário. Não perca hoje às 20h, na TV Brasil Central.
                                         Imagem: www.ontamo.blogspot.com


Faz bem ser bom?
Catástrofes, tragédias e calamidades são situações que normalmente causam comoção e geram compaixão e solidariedade nas pessoas. É comum vermos a mobilização de todo o mundo para ajudar as vítimas destes fenômenos naturais: enchentes, alagamentos, terremotos, tsunames, entre outros.
Mas, e as mazelas vividas diariamente por pessoas que estão à nossa volta e parece não estarmos vendo? Dedicar parte de nossas vidas em atos voluntários, ajudando doentes, pobres, crianças e idosos, às vezes, parece coisa impossível e pouco atrativa. Mas, muitas pessoas deixam seus afazeres rotineiros para doar um pouco de si para acalentar e alegrar vidas humanas. Nesta segunda-feira, 28, a partir das 20h, o Programa Sobre Todas as Coisas reprisa o tema “Faz bem ser bom?”, que mostra exemplos de voluntários e instituições solidárias, que fizeram e fazem muito pelo próximo.


Goiânia, sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Violência: causas e soluções

 Imagem: grupodastrabalhadoras.pbworks.com


A violência no Brasil tem alcançado dados alarmantes. No estado de Goiás a situação não é diferente e cotidianamente convivemos com uma realidade preocupante: homicídios, tráfico de drogas, assaltos e até sequestros. Para se ter uma ideia, somente este ano já foram cometidos quase dois mil assassinatos no Estado.
Mas, quem ou o quê causa a violência? As respostas são inúmeras e divergentes, mas, a mais comum atribui a violência ao tráfico de drogas. Analistas afirmam que 80% dos crimes são frutos, direta ou indiretamente, do narcotráfico. Outro dado que chama a atenção é o aumento no número de jovens e adolescentes envolvidos com a criminalidade. Eles ingressam cada vez mais cedo no mundo do crime e acabam pagando um preço muito alto: a própria vida.
As causas e soluções para conter a violência e o Programa para a Redução da Violência em Goiás, lançado pelo Governo do Estado, em detalhes no Sobre Todas as Coisas da próxima segunda-feira, 28. Não perca!

Goiânia, quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Programa Sobre Todas As Coisas é homenageado

                                                               Foto: Arquivo

O programa Sobre Todas As Coisas, exibido pela TV Brasil Central todas às segundas-feiras às 20h, recebe homenagem da prefeitura de Goiânia com a Placa de Ação Afirmativa e Igualdade Racial 2011. O programa foi condecorado no item órgãos de imprensa que se destacaram no combate ao racismo e na valorização da imagem da raça negra.

A premiação, feita pela Secretaria Municipal de Governo/ Assessoria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, ocorrerá na quinta-feira (24), às 19h, no Cine Goiânia Ouro.
 O Sobre Todas As Coisas é um programa de entretenimento que se propõe discutir assuntos de interesse da comunidade relacionados ao comportamento humano.

Goiânia, sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Mães solo

                                                            Imagem: variasvariantesdojefferson.blogspot.com
 
Existem várias circunstâncias que levam uma mulher a enfrentar sozinha a criação de seus filhos. Muitas delas não encontram a pessoa certa para dividir a maternidade ou precisam enfrentar as adversidades para cumprir o ofício de ser mãe, como em casos de separação, abandono de namorados, a morte do companheiro e até mesmo aquelas que recorrem a inseminação artificial para realizar esse sonho. Porém, enfrentar sozinha essa tarefa não deve ser nada fácil. Muitas vezes, sem suporte familiar, dos amigos e, desaprovada na sociedade, a mulher tem que superar preconceitos e limites para cumprir o papel de pai e mãe ao mesmo tempo.
Essa nova organização familiar está cada vez mais presente em nossa sociedade, mas como as pessoas vêem a produção independente, qual a falta de um pai na composição familiar e no desenvolvimento dos filhos? Quais as dificuldades enfrentadas pelas “Mães solo”? Tudo isso e muito mais no Sobre Todas as Coisas da próxima segunda-feira, 21, às 20h na TV Brasil Central. Não perca! 

 

Goiânia, quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Infidelidade


 
Imagem:  upblogs.net   


Na próxima segunda-feira, dia 14, véspera do feriado da Proclamação da República, o programa Sobre Todas As Coisas reprisa o episódio Infidelidade. Participaram do debate, o psicólogo Fábio Pereira Alves, membro efetivo da Associação Brasileira de Filosofia e Psicanálise, André Augusto Ferreira, o Dhomini, escritor e Gerente da Secretaria Estadual de Agricultura e a jornalista Lúcia Helena Vieira.

O tema infidelidade ainda é um tabu. Muitos tratam o assunto de forma oculta, não se sentem completamente à vontade para se definir como traídos ou traidores. Embora pesquisas mostrem que homens e mulheres admitam que já foram traídos, a expectativa é de que os números sejam bem maiores do que o divulgado. Se é fato que a traição é um problema enfrentado pela maioria dos casais, alguns estudos mostram que ela ainda é assunto varrido para debaixo do tapete.
Por que traímos? Baixa auto-estima, vingança, falta de novidades? O que fazer com o traidor compulsivo? Quais os efeitos da infidelidade? Este é o tema do Sobre Todas as Coisas desta segunda-feira que vai apresentar casos de pessoas que traíram e que foram traídas. Especialistas no assunto vão explicar os motivos da infidelidade conjugal.

Goiânia, sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Automedicação


                                                    Foto: portalzapnoticias.com.br
             
Quem nunca tomou algum medicamento por conta própria, sem orientação médica? Seja para tratar uma infecção de garganta, uma dor de estômago ou mesmo uma simples dor de cabeça? É comum o vizinho receitar, a mãe medicar o próprio filho e até mesmo a mídia nos estimular a usar remédios sem receita médica.
Os motivos da automedicação vão desde a questão financeira à falta de tempo para procurar um médico. Porém, o que muitos não sabem é que esse gesto simples pode retardar o diagnóstico, ter efeitos colaterais danosos à saúde e camuflar doenças mais graves. Para se ter uma idéia da gravidade da automedicação, o uso de um simples xarope para tosse pode mascarar os sintomas de um câncer nas vias respiratórias, permitindo que a doença evolua sem controle, podendo levar até a morte.
Os perigos da hipocondria e automedicação, o cuidado no uso de medicamentos alopáticos e até mesmo fitoterápicos e homeopáticos, serão desvendados no Sobre Todas as Coisas da próxima segunda-feira, 07. Não perca!