Goiânia, sexta-feira, 27 de maio de 2011

Errado ou inadequado?



A adoção de um livro didático e sua distribuição pelo MEC a quase meio milhão de alunos do Programa de Educação de Jovens e Adultos vêm provocando sérias discussões sobre a realidade da Educação no país.
O livro de português “Por uma vida melhor”, alvo da polêmica, defende que a maneira como as pessoas usam a língua deixe de ser classificada como certa ou errada e passe a ser considerada adequada ou inadequada, dependendo da situação. Sendo assim, o livro sugere que o aluno não precisa seguir algumas regras da gramática ao falar.
De um lado, autores do livro e o MEC defendem que a obra foi aprovada porque estimula a formação de cidadãos capazes de usar a língua com flexibilidade e que é preciso se livrar do mito de que existe apenas uma forma certa de falar, alegando também, a valorização da linguagem popular. Do outro, lingüistas, especialistas e educadores temem pelo assassinato da língua portuguesa e afirmam que, ao ignorar a norma culta, a escola estará excluindo seus alunos e acentuando ainda mais o preconceito lingüístico.
O Sobre Todas as Coisas da próxima segunda, 30, entra na discussão e debate os principais pontos envolvidos na polêmica, ouvindo doutores e especialistas em gramática e lingüística.

Uma discussão pra lá de polêmica que “vocês não pode perdê!”

Goiânia, quinta-feira, 19 de maio de 2011

Jovem empreendedor

                                                                Imagem: casadozezinho2.wordpress.com


Seja em busca de estabilidade financeira ou pela vontade de trilhar novos caminhos e enfrentar desafios, os jovens se lançam cada vez mais como empresários. Criatividade, planejamento, responsabilidade, capacidade de liderança, visão de futuro e coragem para assumir riscos, são algumas características dos jovens empreendedores. Se não obtêm êxito no negócio, são capazes de se reinventar e começar tudo de novo. E quando são bem sucedidos, o desejo é crescer cada vez mais. Mas, afinal de contas, existe uma fórmula para alcançar o sucesso? Qual o segredo do empreendedorismo?


Esse assunto é o tema do Sobre Todas as Coisas da próxima segunda-feira, 23.


Não perca!

Goiânia, quinta-feira, 12 de maio de 2011

Faz bem ser bom?

                                                   Foto: http://www.ontamo.blogspot.com/


Catástrofes, tragédias e calamidades são situações que normalmente causam comoção e geram compaixão e solidariedade nas pessoas. É comum vermos a mobilização de todo o mundo para ajudar as vítimas destes fenômenos naturais: enchentes, alagamentos, terremotos, tsunames, entre outros.
Mas, e as mazelas vividas diariamente por pessoas que estão à nossa volta e parece não estarmos vendo? Dedicar parte de nossas vidas em atos voluntários, ajudando doentes, pobres, crianças e idosos, às vezes, parece coisa impossível e pouco atrativa. Mas, muitas pessoas deixam seus afazeres rotineiros para doar um pouco de si para acalentar e alegrar vidas humanas. Com o tema “Faz bem ser bom?”, o Sobre Todas as Coisas da próxima segunda-feira, 16, irá mostrar exemplos de voluntários e instituições solidárias, que fizeram e fazem muito pelo próximo.

Goiânia, sexta-feira, 6 de maio de 2011

Futebol: paixão ou fanatismo?







Já virou senso comum dizer que o Brasil é o país do futebol, com tantas glórias, títulos, grandes clubes e inúmeras histórias para contar. O fato é que o futebol está na vida de cada um de nós, querendo ou não!
Acontece que muitos não sabem separar a paixão pelo seu time, que muitas vezes acaba se tornando fanatismo, da realidade, do cotidiano. E o que temos assistido, ultimamente, tem sido um festival de selvageria, dentro e fora dos estádios.
Não há justificativa para a violência que alguns torcedores têm promovido, chegando a cometer atos de vandalismo e loucura desvairada, escondidos atrás de uma paixão doentia.
Será que vale qualquer sacrifício pelo seu time, até tirar a vida de alguém por causa de uma derrota? Como conter a violência entre torcedores? Estas e outras discussões no Sobre Todas as Coisas da próxima segunda-feira, 09, na TV Brasil Central.

Torcedor, fanático ou não, você não pode perder!