Goiânia, sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Novembro Azul é o tema do Programa Sobre Todas as Coisas da próxima segunda-feira, 27 de novembro



O mês está terminando e com ele a campanha Novembro Azul, o mês dedicado ao combate ao câncer de próstata. A campanha serve de alerta. É para chamar atenção para uma doença que vitimou no Brasil entre 2016/2017, cerca de 61 mil homens, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer. Ainda segundo o INCA, a partir dos 50 anos, os homens precisam fazer exames anuais capazes de identificar precocemente o câncer de próstata, segunda principal causa de morte do sexo masculino, depois do de pulmão.

O câncer de próstata, quando detectado no início, tem 90% de chances de cura. Para lembrar da importância da prevenção dessa doença não só este mês, mas durante todo o ano, o Programa Sobre Todas as Coisas vai falar sobre o tema com especialistas e contribuir assim, ajudando o telespectador a tirar suas dúvidas.

Quais os exames necessários para prevenir a doença? Homens ainda se recusam a fazer certos tipos de exames, como o de toque? A campanha Novembro Azul tem ajudado a acabar com esse tipo de preconceito e desinformação? Depois de uma campanha como essa aumenta o número de homens que procuram os médicos especialistas?

É ao vivo, na segunda-feira dia 27 de novembro a partir das 19h pela Televisão Brasil Central.E você de casa pode participar mandando sua pergunta pelas redes sociais: WHATSPP 62 99631-1006, TWITTER, @tvbrasilcentral, E-MAIL sobretodasascoisastv@hotmail.com e http://blog.tvbrasilcentral.com.br e aqui na nossa página do FACEBOOK.



Goiânia, terça-feira, 21 de novembro de 2017

Presidente do TJ é o convidado do Roda de Entrevista desta terça.

O convidado de hoje no Roda de Entrevista é o Desembargador Gilberto Marques Filho, presidente do Tribunal de Justiça de Goiás. Ele vai falar de assuntos relacionados ao Judiciário, e também da Semana Nacional da Conciliação, mais especificamente da Semana em Goiás. Às 22h30, na TBC.

Produção: Ana Lucia Pereira e Norma Leitte
Apresentação: Enzo De Lisita

Mudanças climáticas: a agropecuária enfrenta seu maior desafio

Que o clima mudou e vai se acentuar cada vez mais isto é fato esse debate muito em too o planeta. Se esquenta ou esfria, ainda não é consenso, mas outro fato é que o modelo de produção de alimentos enfrenta seu desafio maior: a adaptação. A população mundial deve atingir 9 bilhões de bocas até 2050, mas seremos 8,6 bilhões em 2030. E vamos necessitar cada dia mais de água limpa e terra fértil, mas o modelo de produção não está alinhado com as projeções de crescimento. É preciso sustentabilidade como nunca tivemos!

A equipe do programa Conexão Ambiental foi até a Escola de Agronomia da UFG, onde especialistas se reuniram para mais um debate em torno deste tema. Encontros como este acontecem rotineiramente em Goiás, pelo Brasil e no mundo. Instituições públicas, privadas e empresas buscam respostas a muitas perguntas que preocupam produtores e, ainda mais, os pesquisadores. Estes enxergam as mudanças do clima sob o prisma global e em longo prazo.

Conversamos com três pesquisadores e exploramos aspectos diferentes do assunto: Dr. Altair Sales (Unisinos), Dr. Paulo de Marco (UFG) e Dr. Ciniro Júnior (Imaflora). Cada pesquisador abordou de forma técnica o momento da produção de alimentos no mundo, o modelo de produção da pecuária e da agricultura, seus pontos negativos, a crise hídrica, os gases de efeitos estufa, os primeiros sintomas da mudança do clima, e os caminhos apontados pelas pesquisas para mitigar os problemas e, talvez, resolvê-los. 



O programa Conexão Ambiental vai ao ar na terça-feira, às 19h, com reprises na quarta, ás 11:20 e domingo, às 16:30. Canais; 13.1 Tv aberta - 520 NET - 313 SKY.
Ao vivo pelo: http://blog.tvbrasilcentral.com.br/p/sintonize.html 

Goiânia, sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Na Pele é o tema do Sobre Todas as Coisas de segunda-feira, 20 de novembro

google.com


"O dia em que pararmos de nos preocupar com Consciência Negra, Amarela ou Branca e nos preocuparmos com Consciência Humana, o racismo desaparece."  O pensamento de  Morgan Freeman, premiado ator e  diretor de cinema dos Estados Unidos, serve de reflexão para a questão da igualdade entre os povos. 

Mas  em pleno século 21,  todos os dias surgem casos de intolerância e racismo no Brasil e no mundo. Recentemente o jornalista William Waack foi afastado da Globo após  acusação de racismo. Na Líbia, migrantes africanos estão sendo vendidos como escravos , segundo relatos de sobreviventes a uma agência da ONU. 

A internet é um campo fértil para injúrias e ataques racistas. No Brasil, mais de 35 mil denúncias relacionadas a crimes raciais na internet foram encaminhadas para o Núcleo de Combate a Crimes Cibernéticos.  

O Programa Sobre Todas as Coisas, da próxima segunda feira, 20, Dia da Consciência Negra, entra na discussão e reúne no estúdio, autoridades que trabalham na causa da igualdade na diversidade e contra todas as formas de preconceito. É ao vivo, na próxima. É ao vivo, a partir das 19h, na TV Brasil Central, canal 13. 

Você de casa pode participar mandando sua pergunta pelas redes sociais:  WHATSPP 62 99631-1006, TWITTER, @tvbrasilcentral, E-MAIL sobretodasascoisastv@hotmail.com e http://blog.tvbrasilcentral.com.br e aqui na nossa página do FACEBOOK.


Goiânia, terça-feira, 14 de novembro de 2017

Empreender com impacto: positivo, social e ambiental

Empreender é uma prática que entrou no vocabulário das últimas gerações e parece criar bons frutos na sociedade e nos negócios. Naturalmente somos um país de criadores. Provavelmente nos falte estímulos que alavanque mais a curiosidade, característica dessa nova forma de ver e criar negócios. Adicione aí o componente ambiental.

Mas neste ambiente de novas ideias existe uma variante que são negócios e empreendimentos que, na linha do comprometimento sócio-ambiental, produzem serviços ou produtos que alto impacto na sociedade. O Conexão ambiental foi a campo saber um pouco mais sobre esse tipo de empreendimento que, aliado ao lucro, pensa no processo de produção de forma menos impactante para o planeta. 

Uma empresa que reaproveita resíduos de construção, impedindo que milhares de toneladas de rejeitos vão parar no aterro sanitário. Um robô que realiza diagnóstico de tubulações de água e esgoto com segurança e rapidez, são exemplos desse impacto positivo e de escala maior que deve crescer à partir de demandas por serviços e produtos com mais qualidade, respeitando o meio ambiente.

Há um desejo, ainda pequeno, na sociedade por produtos e serviços mais comprometidos com o meio ambiente. As políticas públicas devem estimular mais e melhor essas práticas, principalmente nas escolas, espaço natural da criação. O mundo precisa, com urgência, buscar caminhos sustentáveis verdadeiros. 

O programa Conexão Ambiental vai ao ar na terça-feira, às 19h, com reprises na quarta, ás 11:20 e domingo, às 16:30. Canais; 13.1 Tv aberta - 520 NET - 313 SKY. Ao vivo pelo: http://blog.tvbrasilcentral.com.br/p/sintonize.html 

Goiânia, quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Assédio no Trabalho é o tema do Programa Sobre Todas as Coisas de segunda-feira, 13 de novembro

google.com



“Trabalhadora que sofria assédio sexual vai receber 20 mil reais de indenização por danos morais”. “Tribunal mantém  dispensa por justa causa de trabalhador que participou de assédio sexual a colegas vigilantes”. Nas últimas semanas, notícias sobre esse tema ganharam ainda mais   destaque  na mídia internacional, depois da onda de denúncias feitas por atrizes famosas contra diretores e produtores de cinema de Holywood. A mais grave é contra o produtor americano Harley Weinstein, de 65 anos, premiado várias vezes com o Oscar. Segundo os jornais, Harley teria  assediado nos últimos trinta anos, mais de 20 mulheres, todas em troca de papeis nos filmes que ele produziu. Entre as vítimas está a atriz Angelina Jolie que relatou o caso ao jornal  The New York Times. As denúncias de assédio sexual atingiram também o poder do Reino Unido. Parlamentares de vários partidos ingleses são acusados de praticarem o mesmo crime. As denúncias  já provocaram a renúncia do ministro da Defesa britânico e podem estar por trás do suicídio de um ministro do País de Gales.

De acordo com uma pesquisa da Organização Internacional do Trabalho, 52% das mulheres economicamente ativas já sofreram esse tipo de abuso, psicológico ou físico, no ambiente  profissional.
Para o Ministério do Trabalho e do Emprego, assédio Sexual é o constrangimento de colegas de trabalho através de cantadas e insinuações de teor sexual. Atitudes que podem  ser claras ou sutis, como piadinhas, fotos  pornográficas, brincadeiras e comentários constrangedores.  Esse tipo de violência não atinge somente mulheres, mas também homens.

Denunciar qualquer assédio sexual ou moral  no trabalho não é uma decisão fácil para as vítimas. Por causa  do constrangimento elas preferem o silêncio. Têm medo  também de perseguições e mais violência. Mas  essa situação está mudando? No Brasil, há mais denúncias sendo feitas?
Qual a primeira atitude que uma pessoa deve tomar ao ser assediada no trabalho?

Essas e outras questões serão respondidas no Programa Sobre Todas as Coisas da próxima segunda-feira, dia 13 de novembro, ao vivo das 19 às 20h na TV Brasil Central.

E você de casa pode participar mandando sua pergunta pelas redes sociais: WHATSPP 62 99631-1006, TWITTER, @tvbrasilcentral, E-MAIL sobretodasascoisastv@hotmail.com e http://blog.tvbrasilcentral.com.br e aqui na nossa página do FACEBOOK.



Goiânia, quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Intolerância gera violência? Tema do próximo Sobre Todas as Coisas


Dois casos recentes de violência envolvendo adolescentes em Goiânia abalaram não apenas a comunidade escolar mas também toda sociedade e deixaram muitas perguntas no ar. Em agosto um adolescente de 13 anos confessou ter matado a facadas a vizinha e colega de escola  de 14 anos e em menos de três meses, um garoto de 14 anos abriu fogo contra os colegas de classe de uma escola particular também em Goiânia. Na tragédia dois adolescentes morreram e quatro ficaram feridos.  O pai de João Pedro Calembo, morto no atentado disse que os preceitos familiares estão perdidos na nossa sociedade e que os problemas não resolvidos em casa geram conflitos. Está faltando diálogo entre as famílias? Os pais estão ausentes do dia a dia dos filhos na escola? Brincadeiras com apelidos em escolas sempre existiram. Porque tanta intolerância nos dias atuais? Como identificar desvios de comportamentos entre os adolescentes?
Essas e outras questões serão respondidas no Programa Sobre Todas as Coisas da próxima segunda-feira, dia 06 de novembro, ao vivo das 19 às 20h na TV Brasil Central.
No estúdio com as jornalistas Susete Amâncio e Carla Lacerda do Nascimento, o  juiz de direito Jesseir Coelho, o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino de Goiânia, Flávio Roberto Castro e a psicopedagoga, Fabíola Sperandio.

É ao vivo na segunda feira, 06, das 19 às 20 h pela TV Brasil Central.